Série You

Tu sabes que sou uma grande fã de filmes e séries, principalmente séries. E gosto de as partilhar aqui.
Normalmente, assim que acabo uma temporada escrevo o meu feedback sobre ela. E quando sai nova temporada, eu vejo, e logo atualizo.
Por isso, informo-te já que até agora só vi a primeira temporada mas a Netflix vai fazer outra, já esperada por mim depois deste final.

You - Tu em português - é então uma série que retrata a história de Joe, um gerente de livraria, que se envolve com uma das suas clientes, Beck. Mas quando o livreiro se apaixona por alguém, o amor pode rapidamente transformar-se em obsessão.

É interessante como nos podemos aproximar das personagens, gostar delas ao ponto de justificar (ou tentar) os seus atos mesmo sabendo que são errados.

É um suspense psicológico que retrata muitas questões, e arrisco, problemas da sociedade como: amor vs obsessão; rede social vs real; amizade vs interesse; abusos, maus tratos etc.

Embora logo de inicio desconfiamos do fim que vamos ver, vemos tudinho até ao último episódio para ver se de facto, isso acontece - e acontece.


Eu levantei muitas filosofias especialmente devido ao facto da maioria torcer por um casal que se sabe obsessivo? Será que toleramos isso na sociedade real pelos mesmos motivos?
Se sabemos que algo não está certo, que é errado, porque nos deixamos ficar calados e continuamos a assistir?!

Parabéns aos autores, criadores e todo o pessoal da série mas ainda mais aos escritores dos livros que deram origem a ela (Caroline Kepnes).

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela tua dúvida, sugestão ou opinião.
Respondo sempre por baixo do teu comentário.