Que cor é que tu escolhes?

Eu sempre achei bonito um cabelo colorido. Para mim, o cabelo define a personalidade da pessoa, dá-lhe vida.
Sempre gostei de madeixas coloridas e usava tintas, sprays ou mesmo giz para colorir o cabelo temporariamente. Nunca arrisquei pintar com tinta permanente por vários motivos.


Ao mudar os meus hábitos de consumo para produtos sem crueldade animal, deparei-me com o problema de achar tintas ou sprays sem testes em animais. Até que descobri as tintas semi-permanentes da Directions que obviamente são cruelty free.

São tintas semi-permanentes de cores fantasia que vão saindo/desbotando com as lavagens. Duram, consoante alguns factores, 1 mês ou mais, tendo em conta que vai perdendo a cor em cada lavagem.
Cada boião de tinta contém 88 ml e custa 6.50 + custo de envio.

É possível prolongar o efeito da cor através de banhos de cor, da lavagem do cabelo com água fria, do uso do champô low poo (não agride tanto o cabelo e não deixa a cor sair), de evitar fontes de calor (que queimam muito a cor, como alisadores) e evitar também a água do mar e o cloro da piscina.

A marca La Riché tem uma vasta gama de produtos, para além das tintas: champôs, condicionadores, kits de cor e clareamento e até mesmo um bálsamo de pós-tratamento de tatuagens.
As tintas são altamente pigmentadas de fácil aplicação e utilização, mesmo para quem nunca pintou. Basta colocar luvas, roupa e toalhas velhas e aplicar diretamente. Convém aplicar um creme gordo na zona do pescoço/testa/orelhas (à volta da linha do cabelo) para não manchar a pele.
A aplicação é feita com o cabelo húmido lavado só com champô e deixa-se atuar 45 a 60 minutos (embora no folheto diga 15-30min) para a cor ficar bem senão pega mal. No fim, retira-se com bastante água e seca-se a gosto.
Pode ser aplicada diretamente no cabelo com a mão ou com um pincel/trincha.
Eu gostei bastante da experiência que tive com o tom que escolhi, Lilac, embora o resultado não tenha sido o esperado porque o meu cabelo é virgem, não está descolorado. Assim, em vez de ficar no lilás pretendido, ajudou a matizar o meu tom amarelo deixando-o mais "frio".

Num cabelo descolorado a cutícula está mais aberta e as cores aderem mais. Por isso, no meu cabelo, para se notar a cor, teria de aplicar cores mais pigmentadas e fortes.
Poderei utilizar esta cor em todo o cabelo para matizar o loiro pois dá um tom lilás clarinho que ajuda a cortar os amarelos.

Num cabelo virgem, não descolorado e com base amarelada, o Lilac funciona como um tonalizante que ajuda a cortar os amarelos do cabelo virgem loiro médio.

Tirando este "senão" com a cor, gostei da experiência. A tinta não tem praticamente cheiro, não seca o cabelo, não o deixa áspero, agarra-se mesmo ao cabelo e quando passei por água da 1ª vez nem saiu tinta nenhuma. Gostei especialmente de não ter amoníaco e não me estragar o cabelo.

A La Riché na sua página tem o logótipo da PETA de sem crueldade animal e vegan. Por isso, certamente irei experimentar uma cor mais adequada ao meu cabelo virgem!

É uma ótima gama, com cores excelente que são uma alternativa sem crueldade animal às cruéis tintas Colorista da L'Oreal Paris.

Agora o mais importante, na página LuColors encontras os seguintes produtos:
- tintas nas 36 cores
- champô pré-color - champô para manter a cor e não desbotar tão rápido - condicionador da mesma gama Os últimos 3 incolores.
O atendimento é 5*, podes tirar todas as tuas dúvidas, basta mandares mensagem privada.
Obrigada Lu ;)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela tua dúvida, sugestão ou opinião.
Respondo sempre por baixo do teu comentário.