Diz-me com quem casaste, dir-te-ei...


Talvez ainda não tenhas pensado sobre isso, ou talvez já o tenhas feito de forma inconsciente. Quem sabe se ainda nem notaste que o teu casamento é tão especial para ti quanto tu mesmo!
Em Numerologia, naturalmente pedimos sempre o nome de solteiro, isto porque pretendemos obter a tua nata. Quem tu verdadeiramente és e o que fazes aqui. Acontece que aquando adotas um nome que não é o teu, neste caso, através do matrimónio, acabas inevitavelmente com um pouco da vibração dessa pessoa.

Será isso positivo?
Muitas vezes é, isto porquê? Porque muitas das vezes, sejam homens ou mulheres pretendem, com o casamento o seu sonho. Cada um à sua maneira. Mas todos pretendem o mesmo.
Imagina que (vou dar-te o exemplo de uma cliente minha), que com o casamento querias ter a materialização da construção da tua família. Adotas o nome do teu marido, e “por acaso” a vibração do nome dele no teu dá justamente o número que te leva a materializar justamente o que queres. Já imaginaste o quanto o teu casamento pode influenciar?

Consegues imaginar agora, alguém que só deseje, simplesmente ser feliz! Ela pode perfeitamente alcançar esse estado através do nome “herdado” pela pessoa com quem decidiu partilhar a vida. Fantástico.

Claro está que haverá os casos em que o nome traz nada mais, nada menos do que justamente aquela característica que devemos limar melhor em nós. Obviamente, no entanto, e quer saibas disso de forma consciente ou inconsciente isso leva-te também à realização. Pois isso leva à materialização dos teus desejos.
Mas, será tudo só coisas boas?

Não. Um casamento, como todo e qualquer tipo de relação traz também desafios e áreas a trabalhar, até porque, numa união unem-se além de duas pessoas que pretendem imenso estar uma com a outra. Unem-se duas personalidades distintas, logo, na energia do casamento, há também desafios a trabalhar, afinal o casamento é isso mesmo. É de certa forma uma adaptação ao outro.

Tenho mais ainda para te dizer sobre o teu casamento.

Sabes que ao casares mesmo que não fiques com o nome da pessoa em causa tens sempre uma missão, algo a materializar dentro dessa relação?

É verdade, com nome ou sem nome, há mais energias que giram à volta da tua união, seja isso uma energia que te agrade, ou que não te agrade tanto, ela está lá e deve ser não só partilhada como trabalhada em conjunto, rumo à evolução daquelas duas pessoas.

Já agora, quero finalizar com um pequeno apontamento.

A energia da tua casa. Sabias que a mesma pode constituir uma ajuda ou um desafio quer à relação quer ao casal enquanto um só, quer a um de vós individualmente?

Verdade, a energia da casa pode afectar aos dois bem como mais a um em especial, tudo depende do código de cada um misturado com o código da relação.

Queres saber ainda mais sobre como melhorar a tua relação sabendo que desafios e que energias a mesma carrega em si?

1 comentário:

Obrigada pela tua dúvida, sugestão ou opinião.
Respondo sempre por baixo do teu comentário.