Ser consumidora sem crueldade animal #2

Como vai a minha mudança para sem crueldade animal?

Olá!
Hoje decidi atualizar-te sobre a minha mudança para um mundo sem crueldade animal.

Já consegui mudar os produtos da minha rotina e neste momento estou a usar os seguintes que não são testados:

- gel de banho Instituto Espanhol piel sana


Fonte

- desodorizante Foz
Fonte

- escova de dentes Babu
Fonte

- produtos capilares Novex (e Intea)
Fonte

- esfoliante e hidratante corporal O Boticário


- pensos reutilizáveis Flufly Organic & Eco, Panos da Vera e LadyPad

- discos reutilizáveis Flufly Organic & Eco
- copo menstrual Me Luna
- creme de mãos The Body Shop e O Boticário
- produtos de maquilhagem d'O Boticário e Makeup Revolution (ainda com marcas como Oriflame, Avon e outras por acabar)
- removedor de verniz Amalfi (não tenho a certeza se não vende na China)
- loção de higiene íntima Lactacyd
Fonte

Já encontrei uma pasta de dentes (Dentalux do Lidl) branqueadora e que tem elixir também mas o Lidl não garante que os seus fornecedores não testem em animais. De qualquer modo, considero um progresso.
Da última vez, procurava também um gel de banho, bom e barato. Como somos 6 cá em casa, é complicado a níveis monetários mas encontrei esta opção que agrada em todos os sentidos!

Quando conseguir mudar para todos os produtos, quero converter os restantes 5 membros da família a usarem mais opções CF. Já consegui que um membro mudasse para champôs da Novex,  produtos da Intea, o gel de banho também mas e o resto? Ai tanto trabalho!

Consegui ainda ir mais longe (para além da cosmética) e encontrei as velas d'A Melhor Vela do Mundo que são amigas do ambiente, aproveitam os óleos alimentares e outros. Em breve, tenciono trazer-te a resenha.

Apercebi-me agora que isto ainda é mais complicado do que eu pensava porquê:....
Os testes na Europa são proibidos.
Os testes na China são obrigatórios. Excepto online e em Hong Kong.
As empresas para venderem na China, ou testam, ou pagam para eles testarem.
A empresa pode não testar nem vender na China mas ainda assim, os seus fornecedores podem testar.
Marcas brancas podem não testar mas não garantem que o fornecedor (dos ingredientes) não teste...

E por aí continua.
O facto das marcas rodearem a questão e não serem diretas, omitindo aspetos, também não ajuda!
É muito complicado conseguir uma marca que cumpra todos os requisitos.

Por agora, opto por utilizar ainda algumas marcas brancas que não testam, nem vendem para a China mas com a tal questão dos fornecedores. Ao menos é um progresso, mesmo que não seja satisfatório.
Isto tudo levou-me a criar um grupo no Facebook - CF para todos - (sem crueldade animal para todos) com o objetivo dpermitir que todas as pessoas tenham alcance a produtos sem crueldade animal mesmo que os mesmos não estejam disponíveis na sua cidade ou os portes online não compensem. Assim, os membros com acesso a eles, podem enviar para os membros deste grupo que precisem e/ou encomendar em conjunto.

2 comentários:

Obrigada pela tua dúvida, sugestão ou opinião.
Respondo sempre por baixo do teu comentário.