Lábios perfeitos - Carmex Cereja

Lábios rachados sempre foram um problema para mim, até ao ponto de sangrarem... admito um pouco da culpa porque eu sou daquelas pessoas que se tem peles nos lábios, eu puxo...
O resultado é visível:

Experimentei montes de batons, do cieiro, hidratantes e etc. Resultavam, sim! Momentaneamente! Aliviavam aquela sensação chata por momentos... mas não resolviam o problema. Se eu não andasse constantemente a colocar, e várias vezes ao dia, o problema mantinha-se.

Graças a Deus e à Carmex, tenho o problema resolvido! Já não me lembro da última vez em que os meus lábios ficaram como na imagem..e ainda bem!

Carmex é uma marca de protetores labiais que contém "uma mistura única de ingredientes, que inclui humectantes naturais como a manteiga de cacau e a lanolina" que juntamente com outros emolientes "recuperam a hidratação perdida e previnem a secura e as gretas". Para além disso, contém SPF 15, e cânfora e mental que proporcionam uma efeito refrescante ajudando a reduzir a irritação dos lábios ásperos e gretados.

A marca não testa nem nunca testou em animais (gracias!) mas tem ingredientes de origem animal como a lanolina e a cera alba e por isso, não pode ser considerada vegan.

Em Portugal, existem várias versões deste milagre real: em boião (na versão clássica e na versão cereja), em tubo (clássico, lime twist e vanilla), em besnaga (clássico) e em stick (moisture plus transparent, peach e recentemente, berry).




Eu recebi um boião, na versão cereja e anteriormente, experimentei a versão moisture plus transparent (ganhei num sorteio), por isso, vou comparar brevemente as duas.

Primeiro, a embalagem delas difere muito. Obviamente que em stick é mais higiénico e mais prático, no entanto, traz menos gramas de produto (2g vs 7,5g e portanto, acaba-se mais rápido.
A textura é a muito semelhante. No boião, eu notei que se fizesse mais força ao retirar, tornava-se mais pastosa. Enquanto que se fizesse uma passagem leve com o dedo, o produto não se "derretia" tanto. Isto também já me aconteceu com outras embalagens de outras marcas, quando vêm assim em boião.
Normalmente, aplico Carmex ao deitar, diariamente ou quase diariamente. Quando noto que os meus lábios estão piores, aplico diariamente. No outro dia de manhã, ao acordar, a diferença é incrível. Especialmente ao nível do conforto porque lábios bem tratados, sem gretas e peles, além de mais bonitos, não causam dor ou desconforto.
Eu prefiro usá-lo à noite para cuidar dos meus lábios, mas ele também pode e deve ser usado durante o dia porque tem fator de proteção solar (SPF/FPS) e protege contra as agressões do sol, do vento, da poeira... Ele cuida e protege para que não volte a acontecer o mesmo. Este aspeto não se encontra em qualquer produto, Carmex é único!

Também é recomendado usar antes de passar o batom colorido mas eu não gosto de usá-lo desse modo porque altera a textura e consistência do batom, especialmente dos mattes que ficam brilhantes.

A particularidade interessante deste produto, para mim, é mesmo a aplicação. Ao colocar Carmex, nota-se um pequeno ardor fresco por causa do mentol e da cânfora.  Parece um formigueiro (quase anestesia) ardente mas vai passando, e à medida que usamos, já não notamos, habituamo-nos com o uso.

A minha parte preferida, é o alivio instantâneo sem sentir os lábios pegajosos, cheios de peles - resumidamente, nojentos!

A embalagem parece um potezinho (7,5g) de conserva, de plástico resistente e leve com tampa de metal.
Esta versão tem a particularidade de cheirar e saber a cereja, como nos chupas igualzinho, mas sem colorir os lábios.

Eu adoro, e já não passo sem! Fiquei fã, obviamente e estou a torcer para que cheguem cá mais edições de sabores e cores a Portugal!



E tu, já conheces Carmex? Estás à espera de quê para experimentar?
Nãos sabes o que perdes...

2 comentários:

  1. Nunca testei a versão em boião, mas adoro a versão em bisnaga. O produto é mesmo óptimo!

    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em bisnaga acho que a textura é ligeiramente diferente, pelo que já ouvi dizer :P mas de facto é mais prático do que em boião. Independentemente da versão, ele é um máximo, certo? :P

      Eliminar

Obrigada pela tua dúvida, sugestão ou opinião.

Se queres acompanhar futuros comentários incluindo a minha resposta, carrega no botão "NOTIFICAR-ME"