Dicas para acabar com os piolhos

Quem tem crianças em casa, sabe do "estrago" e dos problemas que estes pequenos bichos podem dar! Sabe as dores de cabeça (literalmente também!) que passa para os tirar/matar!
Imagem retirada da Internet

Aqui há umas semanas, passei pelo mesmo. Foi uma grande infestação que não se resolveu só com champôs e loções (e experimentei muitos)... Tive de recorrer a alguns truques, que podem não ser bonitos mas são eficazes...

Começo por dizer que o melhor remédio, é sem dúvida prevenir!
Ensinar as crianças a não partilhar roupa com os amigos (como chapéus e gorros), é um bom começo. Além de não usar pentes e escovas dos outros e não emprestar.

Imagem retirada da Internet
Convém, de vez em quando, fazer uma inspeção geral com um pente fino para averiguar a existência destes bichinhos comichosos, especialmente na nuca e atrás das orelhas. Para facilitar a caça ao bicho, pode-se colocar uma toalha branca nos ombros da criança e escovar com o pente fino de metal (vende-se uns próprios e alguns champôs/loções já o trazem incluído). Eles vão se ver muito melhor.
Imagem retirada da Internet

A próxima etapa é o tratamento com um champô ou loção. Também é importante lavar a roupa das camas, toalhas e etc., com água bem quente para os matar.

Mesmo se com o uso normal que cada produto recomenda fazer, não se livrarem deles, podem usar o truque que vos apresento.

Com o cabelo seco e uma toalha nos ombros, aplicam uma LOÇÃO (tem de ser loção mesmo) no couro cabeludo. Se caírem alguns na toalha, não se esqueçam de os estalar para ter a certeza de que estão mortos.

O passo seguinte é colocar uma fralda de pano branca (as dos bebés mesmo), enrolada à cabeça da vossa criança. Dêem um nó de modo a que fique bem fixa e com os cabelos todos lá dentro. No caso das meninas, como devem ter o cabelo mais comprido, podem atar (com um elástico de plástico tipo Invisibooble porque assim os piolhos não ficam lá agarrados ou com uma mola) para ser mais fácil.
Imagem retirada da Internet

Agora vem o passo estranho mas que resulta. Peguem num saco de plástico de tamanho médio e atem à volta da cabeça e da fralda. Tenham atenção ao perigo dos sacos com as crianças. Se preferirem, enrolem outra fralda à volta do saco, até para ser mais confortável porque o objetivo é que a criança durma com tudo isso na cabeça.

O saco vai fazer com que o cheiro da loção não se espalhe e o calor proporcionado pelas fraldas vai fazer estufa e potencializar o tratamento.

No outro dia de manhã, dentro da banheira tirem as fraldas e o saco e vão ver os piolhos a cair. Passem com o pente para se certificarem que não fica nenhum agarrado. Podem lavar com um champô para o efeito de seguida, se acharem que devem.

O importante é que escovem com o tal pente e que depois de os removerem, não os voltem a apanhar... se andar uma infestação na escola/infantário e as medidas preventivas de cima não forem suficientes, podem sempre comprar um spray de prevenção e aplicar todos os dias na nuca e atrás das orelhas.
Atenção que estes spray (na maioria) só podem ser usados quando já não há nenhum piolho. Ou seja, primeiro têm de fazer o tratamento para depois usar o preventivo.

Imagem retirada da Internet
As marcas STOP PIOLHOS e PARANIX já têm um spray para isso mesmo, à venda nas farmácias e na well's.

Estes truques também podem ser usados em adultos. Não é assim tão raro os adultos apanharem.
Eu sei que eles são bizarros e muitos podem criticar, mas na minha família é a técnica que se utiliza quando a situação está mesmo má...

Se tiverem outros truques, partilhem, vou gostar de ver! ;)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela tua dúvida, sugestão ou opinião. Agradeço que não faças publicidade do teu blog. Se eu tiver interessada visito.