Um verdadeiro amor fica para sempre - Sofia Torres

Devo dizer-vos que li este livro em poucos dias. A leitura é super leve devido à simples escrita onde se notam alguns aspetos da própria Sofia, a autor de apenas 18 anos.

Claro que com essa idade não se pode esperar uns "Maias" mas, com certeza, eu esperava mais quer a um nível de conteúdo quer a nível ortográfico e de construção frásica.
De certo modo, isto revela que o português não tem sido ensinado na escola como devido (embora haja aqui um interesse pela escrita que não creio ter sido desenvolvido nas aulas) e que a Chiado Editora põe o que está escrito em folhas soltas num livro composto e imprime-o. Com isto quero claramente dizer que ninguém mais profissional ajudou a corrigir o livro, na construção frásica e nem deu dicas para melhorar. Digo isso com todas as certezas porque os próprios escritores já mo disseram a mim e nota-se, perfeitamente, quando estamos a ler.

Parece-me que o feedback que os bloggers vão dando é uma das únicas maneiras de saberem o que corrigir, terem criticas construtivas e saberem os pontos fortes da sua escrita.

Assim sendo, achei a escrita demasiado romantizada mas esperava-se algo mais, não tão conto de fadas da vida real, isso é totalmente irreal e não acontece. Achei tudo demasiado perfeito e como se pudessem ser todos os pecados do mundo perdoados.

De certo modo, também achei a escrita infantilizada. Por um lado, isso é bom porque se adequa a leitores iniciantes como jovens adolescentes. Acredito que pré-adolescentes e adolescentes do sexo feminino serão um bom leitor. Por outro lado, isso reduz significativamente o público alvo.

Notei uma falta de articulação nos eventos, falhas no tempo e não corrente nem coerente, além de contradições. Numa parte, uma personagem masculina dizia que estava ansioso para que a rapariga fosse sua daqui a dois meses ao que ela responde "Só 3 meses? pensei que já fosse", por outras palavras bem semelhantes. Afinal eram 2 ou 3 meses?

Ao longo do livro há acontecimentos interessantes mas que não foram explorados em todo o seu potencial, o que é pena porque iria melhorar o livro significativamente.

Consigo resumir-vos o livro num parágrafo:
Um casal namorou, ele saiu do país, desapareceu por 5 anos sem avisar, partiu-lhe o coração. Volta, encontram-se, perdoam-se, fazem amor e voltam a namorar. Dormem juntos e passados algum tempo, ele pede-a em casamento. Vão de férias para o Brasil, ter com os pais dele onde aparece uma ex-namorada que rapidamente sai de cena, Voltam a Portugal, casam-se e vivem felizes para sempre. É o clássico dos clássicos sem desvios.

Fiquei desiludida confesso mas creio que a jovem autora, com muito trabalho, mesmo muito, poderá ir longe uma vez que começou cedo, a sua paixão pela escrita.

6 comentários:

  1. Hm pois realmente a história parece ter muito potencial. Eu vejo pelo blogger muitas jovens que querem escrever um livro mas depois leio os textos delad e os diálogos sao tao infantis. E não a escrita de romance não é nads incentivada nas escolas. So textos pequenos e nesses tens de ir direita ao assunto...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois não, o que é pena. Devia ser incentivada a escrita de textos maiores porque depois, até podem haver pessoas com capacidade para tal, mas como não treinaram, não atingem a sua máxima potencialidade logo

      Eliminar
  2. Gostei imenso da review e apesar de não teres gostado muito do livro, fiquei bastante curiosa :)
    THE PINK ELEPHANT SHOE | FACEBOOK | INSTAGRAM |

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é não gostar, é que poderia ser muito mais desenvolvido. Mas lê-o, a sério!

      Eliminar

Obrigada pela tua dúvida, sugestão ou opinião.

Se queres acompanhar futuros comentários incluindo a minha resposta, carrega no botão "NOTIFICAR-ME"