Opinião: livro Sortes de cão de Alexandre Sandrieu

Sortes de Cão

€13,00   PAPEL€3,00   EBOOK

Sinopse

Marco estava só; Inês estava triste; o Farrusco tinha sido abandonado. Duas crianças e um cãozinho percorrendo, simultaneamente, um caminho pejado de obstáculos...
Fazendo da fraqueza força, travando batalhas contra as hostes de um destino que ameaçava ser cruel, conseguem derrubar todas as barreiras e deixar-nos uma espécie de hino à amizade, à solidariedade, ao carinho, enfim, ao Amor.
«(...) Inês não conseguiu aperceber-se da expressão triste daquele menino nem, tampouco, das orelhitas arrebitadas e olhar vivo do rafeirito que se aninhava a seu lado de forma a permitir uma ambivalente troca de calor corporal...
(...) Ainda há dias era uma garota. Ontem, qual Joana D’Arc, parecia uma guerreira capaz de virar o mundo do avesso...
(,,,) – Não a verei mais.
A tristeza que envolvia aquelas palavras e que o seu olhar evidenciava, aliada à sensação que provocou em mim, por me permitir saber o que mais desejava, quase me fez garantir-lhe que me podia ver todos os dias e todas as noites, se fosse esse o seu desejo. O pudor impôs-se e disse-lhe apenas:
– O mundo é pequeno. Quem sabe…»

- Na Chiado Editora é logo essa a informação toda que temos sobre este livro.
Foi lido relativamente rápido por mim. Não foi o que, de todo, eu esperava. Pelo título, e até mesmo pela sinopse, esperava um livro quase totalmente focado em cães, ou melhor, focado no Farrusco. Embora ele esteja presente em todo o decorrer da estória, não é tido como o elemento principal mas é muito importante em todo o seu decorrer.

Considerado um romance, realmente retrata uma estória de amor, quer entre os personagens principais, mas também em pequenos gestos, em pequenas ocasiões, entre Inês e Farrusco, entre Farrusco e Marco, na família de Inês, a falta de amor por parte dos pais de Marco para com este, o amor pelos desconhecidos quer por parte de Inês quer por parte de Bartolomeu. É realmente uma triste estória de amor. Digo triste porque não é tudo um mar de rosas, há muitas angústias e pedras no caminho que, infelizmente, retratam bem a nossa sociedade e os tempos atuais. Mais que um romance, é um livro que reflete e retrata a educação. É muito educativo, sem dúvida mas de maneira não aborrecida, muito natural.

Logo no inicio do livro, é nos apresentada uma pequena reflexão que antecede já o que está por vir que retrata bem o que tentei escrever sobre a educação no livro (excertos disponíveis aqui; as imagens foram daí retiradas).


Além disso, Inês, um dos personagens principais, adora escrever poemas que nos são dados a ler ao longo do livro. Poemas esses muito fáceis de entender e com grandes verdades. Adorei esse pormenor.

A linguagem do livro não é muito complexa e torna-o numa leitura agradável e fácil, num livro que se lê sem vontade.
As passagens no tempo passado/presente, às vezes, são pouco perceptíveis, baralhando as mentes mais distraídas. Nada impossível de compreender.

Recomendo a leitura deste livro especialmente pelo seu fator educativo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não te esqueças de CARREGAR no botão "NOTIFICAR-ME" para saberes sempre quando te respondo!

Respondo aqui mesmo, debaixo do teu comentário.
Obrigada :D