Cuidados de higiene oral canina - escovagem

Boa tarde!
Vocês sabiam que também devemos ter cuidados de higiene oral com os nossos animais de estimação, especialmente os cães? E vocês sabiam que o Continente tem uma página online onde dá dicas? Pois bem, esta tirei-a de lá e completei-a com informações da Clinicão, um sitio onde podem aprender muita informação útil.


O objetivo dos cuidados orais caninos é remover, com a maior frequência possível, a placa dentária da superfície do dente, limitando assim, a sua mineralização em tártaro.

As patologias orais são doenças muito frequentes no cão e no gato. Cerca de 80% dos cães e 70% dos gatos mostram sinais de algum tipo de doença oral aos 3 anos de idade. Estas doenças provocam grande desconforto no seu animal, que pode mesmo deixar de se alimentar correctamente, para além de provocarem um hálito desagradável.


Quais as consequências da falta de higiene oral? 
Sem hábitos regulares de limpeza dentária começa a formar-se uma placa adesiva transparente, que reage com alguns componentes da comida, formando cálculos (tártaro), que inflamam as gengivas (gengivite). A estes cálculos aderem bactérias que infectam a mucosa oral e corroem a gengiva e as estruturas de suporte dos dentes (periodontite), levando a perdas irreversíveis. Assim, os animais podem sofrer de tártaro, gengivites, estomatites e perdas de dentes. 

Existem os seguintes métodos para evitar esses problemas:
- Escovagem dos dentes: é o método mais eficaz para prevenir o aparecimento de tártaro. Para além de ser um método difícil de executar, só é eficaz se escovar os dentes quase diariamente e utilizar uma pasta própria para a espécie. Mais em baixo, irei ensinar algumas técnicas para a escovagem dos dentes.
- Alimentação para higiene oral: a alimentação à base de ração seca ajuda na prevenção. A forma, a textura e a composição do croquete aumentam o efeito de escovagem. No cão, a barra dentária oferecida diariamente, completa a eficácia da escovagem, devido ao efeito de mastigação prolongada.

- Destartarização: quando não é possível a aplicação dos métodos anteriores e na presença de tártaro, a destartarização é o único método capaz de remover o tártaro. Esta intervenção é um procedimento médico que é realizada sob tranquilização, para evitar qualquer sensação dolorosa e stress associados à utilização da máquina de ultra-sons. Todos os dentes são destartarizados e polidos, um a um, tanto na face interna como na face externa.

Como posso fazer a escovagem dos dentes? 
A habituação do seu animal a uma limpeza diária deve ser feita em várias etapas, cuja duração depende do temperamento do seu animal e da sua paciência. Nalguns animais cada etapa pode durar apenas uns dias, enquanto noutros pode durar várias semanas. Estas etapas devem ser iniciadas o mais cedo possível, mas não se esqueça que é possível ensinar truques novos a cães e gatos velhos! Cada sessão não deve demorar mais de cinco minutos e no final deve sempre recompensar o seu amigo com uma sessão de brincadeira, carinhos e comentários positivos.

1ª Etapa - Comece pelo contacto com os dedos e com as mãos na boca do seu animal. Habitue-o à sua manipulação na zona da boca e focinho, de forma calma. 
2ª Etapa - De seguida introduza uma pasta dentífrica específica para animais (não use pasta de dentes de humanos!). Coloque um pouco de pasta no dedo e massaje os dentes e as gengivas, na superfície externa. 
3ª Etapa - Pode então começar e escovagem. Use uma escova de dedo própria para animais ou em alternativa uma escova humana pediátrica. Comece pelos caninos, com movimentos ascendentes e descendentes. 
4ª Etapa - Quando o seu animal aceitar bem esta limpeza inicie a escovagem com movimentos circulares e indo até aos dentes pré-molares e molares. Aumente gradualmente o tempo e a pressão de escovagem. 
5ª Etapa - Quando o seu animal já se sentir confortável com a etapa anterior, pode finalmente começar também a escovar os dentes incisivos. 


Alguns pontos-chave na higiene oral 
   • Escove os dentes do seu animal pelo menos uma vez por dia. 
   • Não tente escovar a superfície interna dos dentes, a saliva limpa esta superfície. 
   • Não use pastas dentífricas humanas, use pastas especialmente preparadas para animais. 
   • Use escovas de dedo próprias para animais ou escovas humanas pediátricas 
   • No final de cada sessão de limpeza deve sempre recompensar o seu animal com uma sessão de brincadeira, mimo, carinho e comentários amistosos. 
   • Deve oferecer-se barras de higiene dentária, de forma regular, para manter a saúde oral do seu animal 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela tua dúvida, sugestão ou opinião.

Se queres acompanhar futuros comentários incluindo a minha resposta, carrega no botão "NOTIFICAR-ME"