Cerejas - fruto pequeno mas poderoso!


Felizmente já se vendem cerejas por aí!
Adoro! Na verdade, eu adoro qualquer fruta mas, se for bem doce e pequena, gosto mais e fico mais viciada. Isso acontece com as cerejas.


Além de terem um ótimo sabor, têm imensos benefícios para a saúde! E é disso que venho falar hoje em particular.
Vou-me basear num post que vi no blog PurEssence que achei que estava excelente. É para saberem que não é de todo, minha criação, que visitem o post original e que deem os parabéns à Marisa pelo excelente post que escreveu.



"As cerejas são frutos pequenos e arredondados de cor avermelhada que provêm da cerejeira, uma árvore originária da Ásia. Chegaram até nós através dos romanos e rapidamente se tornaram num fruto muito apreciado em todos os continentes. Em Portugal, a sua temporada começa no início de Maio e prolonga-se até finais de Agosto. Dependendo do sabor, a cereja pode ser classificada em duas classes, doce ou ácida, sendo que a doce é a mais consumida ao natural e a ácida utilizada no fabrico de conservas, compotas e bebidas licorosas, como a ginginha. A cereja doce possui uma cor vermelha-intensa, oscilando entre o encarnado e o quase negro, polpa rija, macia e sumarenta, textura suave e sabor adocicado."

Benefícios:


  • eliminam toxinas e por isso, evitam retenção de liquidos
  • combatem a prisão de ventre (efeito laxante)
  • neutraliza as gorduras impedindo que passem para o sangue - ajuda a reduzir os níveis de colesterol, a prevenir a aterosclerose e a controlar a glicemia em pessoas diabéticas
  • ricas em potássio, ajudam a manter o ritmo cardíaco e a atividade muscular
  • possuem flavonóides e ácido elágico(potente anti-cancerígeno e anti-mutagénico que erradica as células cancerosas no corpo), poderosos antioxidantes (previnem o envelhecimento das células por radicais livres) e com ação anti-séptica
  •  contêm substância febrífugas (debeladoras da febre), analgésicas e anti-inflamatórias, que aliviam a dor da gota, reumatismo e artrose
  • com vitaminas e minerais, reforçam o sistema imunitário ativando as defesas
  • fruto com poucas calorias
  • propriedades refrescantes e saciantes
  • reduzem dores de cabeça e enxaquecas
  • melhoram a memória e reduzem o risco de desenvolvimento de doenças como a demência ou de Alzheimer  - têm antocianinas que melhoram a circulação do sangue no cérebro, aumentando a capacidade dos neurónios de se comunicarem de forma mais eficaz







Tantos benefícios num fruto tão pequeno!
Eu gosto delas mais vermelhinhas, mais escuras. E vocês?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela tua dúvida, sugestão ou opinião.
Inicia sessão e carrega no botão "NOTIFICAR-ME" para receberes no e-mail futuros comentários incluindo a minha resposta.

A qualquer momento, podes deixar se seguir se assim o entenderes ;)