Caspa

Olá! Todos sofremos com este mal não é? Até homens! Aprendam hoje e ensinam aos vossos esposos, namorados, companheiros, amigas, etc. Não é preciso ficar atormentado/a toda a vida. Fiz duas partes para não começar já a atordoar com o tamanho do texto. Então...
A caspa é uma doença de pele e tem como foco principal atingir o couro cabeludo, quando atinge outras partes do corpo é denominada seborreia.. È causada por um fungo que vive no nosso corpo, mas em vários casos acaba a descamar a pele do couro cabeludo, soltando aqueles pozinhos brancos que ficam na cabeça, e que no calor causam muita comichão.


A caspa pode ser seca ou oleosa. Não é contagiosa e é considerada a forma mais grave de caspa, sendo uma infecção nas partes do corpo onde há maior produção de óleo por glândulas sebáceas, ocorre em ambos os sexos, têm períodos de melhoras e pioras. A sua causa não está totalmente esclarecida, podendo ser agravada pelo frio, transpiração, baixa frequência de lavagem dos cabelos, lavagem dos cabelos com água muito quente,  estados de tensão nervosa que propiciam o aumento de microorganismos como bactérias e fungos no couro cabeludo, etc. Outro motivo também pode ser o mau funcionamento das glândulas sebáceas.

A caspa também pode aparecer como consequência de outras doenças como Parkinson. Os problemas emocionais como stress, má alimentação, alergia ao champô, condicionador ou qualquer outro produto são também são fatores que aumentam a probabilidade de desenvolvimento de caspa.

É difícil prevenir porque existem várias causas, mas uma dieta equilibrada com legumes, frutas e vegetais, evitar o stress excessivo e a pratica de exercício físico podem diminuir as probabilidades de aparecer.
Quem tem caspa tem de reforçar os cuidados higiénicos ainda mais, fazer/usar tratamentos anti-caspa com champô à base de cetoconazol, piritiona de zinco, sulfeto de selénio, aos quais não deve ter alergia. Para casos graves de caspa usar produtos anti-seborreia. Na lavagem dos cabelos, estes devem ser enxaguádos muito bem e o ideal é realizar uma massagem, capilar com as mãos pressionando o couro cabeludo com a ponta dos dedos, diariamente e mesmo no próprio banho. Todos os dias 5 minutos neste hábito ajudam muito, porque ativa a circulação sanguínea e funciona como técnica de relaxamento.

Em casos de inflamação que é considerado mais grave é necessário um tratamento mais detalhado com uma orientação médica.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela tua dúvida, sugestão ou opinião.
Inicia sessão e carrega no botão "NOTIFICAR-ME" para receberes no e-mail futuros comentários incluindo a minha resposta.

A qualquer momento, podes deixar se seguir se assim o entenderes ;)