Queijos Veggie Saudável e delicioso

Eu confesso, nunca fui fã de queijos de vaca, cabra, nem fresco, nem curado nem de lado nenhum.

Acabava por consumir mais, em fatias, junto com o fiambre. Mas na minha mudança para deixar de comer essas coisas, percebi que arranjar substitutos para pôr no pão era difícil. Basicamente a única escolha que tinha era manteiga (da Alpro). Não gosto de doces, nem compotas, cremes também não.... 


Por isso, quis experimentar estes queijos veggie da página Veggie Saudável e Delicioso. Escolhi 2 sabores: Queijo fermentado de caju e queijo de amêndoas fermentado conservado em azeite e ervas.

Como podes ver, o queijo veggie de amêndoa vem num frasco de vidro. Como comprei online, infelizmente ele lá teve de vir enrolado em plástico para não se partir :(

O queijo de caju veio embalado a vácuo em plástico.

As opções não são as melhores por causa do plástico mas é como costumo dizer, pés de bebé, um passo de cada vez conseguimos mudar o mundo.

Achei-os muito macios e não gostei da textura! Tolerei melhor o sabor do queijo de amêndoa do que caju. O de amêndoa faz-me lembrar mais queijo fresco. Ele pode ser consumido como entrada, numa salada ou acompanhar um hambúrguer.

O de caju parece que se desfaz e até pode ser uma opção para espalhar no pão. Sinceramente é mais fácil de cortar aos bocados porque é baixinho. Achei-o enjoativo mas para uma não fã do queijo convencional se calhar já seria de esperar...

No frio, ficam mais rijos e não devem ser aquecidos por causa dos probióticos que têm.

Foi uma experiência e sem experimentar não sabemos se gostamos! No entanto, não fiquei fã e a minha busca continua. Ainda assim, foi bom porque te pude apresentar 2 opções. Acredito que para quem seja fã de queijo "normal", estes 2 vão ser uma delícia!



Como recuperei o meu estojo/cana de bambu da escova dos dentes

Se já usas escovas de bambu e suportes, estojos ou canas para as guardar, já deves ter dado conta de um pequeno problema. O bambu não é amigo da água. Mesmo tendo todos os cuidados como secar bem a escova e colocar num local seco, às vezes lá acontecem coisas como a cana ficar mais esbranquiçada ou com bolor nas superfícies mais rugosas e nos detalhes cravados.

Com bolor no interior



Com bolor no orifício

Isso era uma coisa que me aborrecia mesmo muito. Eu sou bastante cuidadosa mas enfim. Cheguei a comprar cases novas porque as antigas ganhavam bolor. Um desperdício portanto!


Bonita e brilhante por fora

Mas.... aqui a cabeça verde pensadora, depois de muito pensar e experimentar, chegou a uma solução eficaz para reviver e restaurar estas meninas.


Sem bolor no interior

Tentei limpá-las a seco, colocá-las ao sol e nada. Até que me lembrei de aplicar vinagre para remover as manchas e parece que ele até tem efeito anti-bolor. Passei com um pano, vinagre branco em toda a superfície interior e exterior e incluindo a tampa e todos os frisos. Melhorou logo a aparência mas depois ainda coloquei aqueles produtos para limpar móveis num pano e passei novamente por todo o lado.

Eu prefiro usar o óleo para as madeiras neste caso em vez do spray porque é mais fácil de aplicar e cobrir toda a área.


Sem bolor no oríficio

As canas de viagem para as escovas além de sem bolor, ficaram com uma cor mais natural, brilhantes e sedosas! Cuidado para não aplicares óleo a mais para não ficar escorregadia!

Adorei, problema resolvido! As fotos comprovam!


Óleos essenciais DoTerra - Farmácia natural

Já deves ter ouvido muito sobre óleos essenciais. Se calhar até já compraste para perfumar a casa e nem gostaste! Porque não sentiste efeito....

Muitas pessoas pensam que os óleos são todos iguais mas isso não é verdade. Eles variam na qualidade e na pureza. No caso da DoTerra eles são 100% puros e por isso, os resultados terapêuticos que vamos obter são certos. 

Mas os óleos afinal são para dar cheiro ou terapêuticos? 

Os óleos para dar cheiro são os aromáticos que não têm tantos benefícios terapêuticos. Hoje falamos sobre óleos essenciais cujo propósito é a saúde e não perfumar a casa.

Já paraste para pensar que há muitos anos todos os remédios provinham diretamente da natureza? E que isso serviu para a sobrevivência do homem. E que as plantas se adaptam para resistir a pragas e doenças? Porque será? Por causa das propriedades naturais e todos os benefícios.







Os óleos da DoTerra têm 3 formas para usar: aromática (cheirar, inalar, difundir para desfrutar dos benefícios), usar topicamente (convém diluir mas varia consoante o óleo), e usar internamente (nas receitas ou 1 gota por baixo da língua).

Existem um kit com 3 óleos essenciais básicos que te vou apresentar hoje: O TRIO Maravilha constituído por limão, lavanda e hortelã.



Limão: ajuda o sistema imunitário, em termos energético, ajuda na limpeza de superfícies da casa, com cheiro agradável. Ótimo para remover nódoas de gordura e pastilhas elásticas do cabelo.
Tomar em jejum em meio copo de água morna, todas as manhãs: remover bactérias do intestino e ativá-lo. Usar garrafa de água sem ser de plástico para ir tomando ao longo do dia e eliminar tóxinas. Ajuda a perder peso. Usado por toda a família.



Pepermint/hortelã-pimenta: refrescar, revigorar. Ajuda a aliviar o calor, principalmente no verão (pulverizar com água). Ajuda na menopausa com os afrontamentos. Pode ser usado de hora a hora, em toda a família. Nas crianças depende da diluição. Ajuda a respirar melhor (espalhar nas mãos e fazer inalação). 

Limão com hortelã = energia, vontade de fazer algo.

Lavanda: acalma, relaxa. Evita as traças (bolas de algodão ou feltro com gotas de lavanda; repelente natural sem prejudicar a nossa saúde das nossas crianças ou animais). Noites de sono reparador.
Gotas na almofada e pontas dos pés, ajuda a "desligar" a cabeça para dormir em profundidade.
Ajuda em picadas de insetos, queimaduras solares, cortes, irritações na pele. Lavanda com pepermint diluídos em óleo de coco fracionado são excelentes para as queimaduras porque hidrata, cuida e refresca. Um excelente after-sun natural.

O Trio maravilha usado regularmente aumenta a qualidade de vida em alergias, correntes de ar, etc. Eu vou experimentar este kit e depois virei escrever sobre ele em detalhe.





Outros 3 óleos bastante importantes e úteis:

Frankincense: proteção dos sistemas (mudanças de estação), regeneração celular, ajuda na asma e na regulação emocional, depressão, hipertensão. Aplicação interna. É o óleo que serve para tudo. Quando não sabemos o que usar, escolhemos este.

Melaleuca (tea tree): mata e repele os piolhos, ajuda nas questões de puberdade, reduz oleosidade de couro cabeludo e pele, dermatites, eczemas, psoriase, picadas de insetos, pele saudável, fungos das unhas (todos os dias de manhã e à noite), aftas, herpes labial (1 gota pura na fase inicial). Não deve ser ingerido.

Orégano: cozinha para substituir os óregãos (apenas 1 gota), antioxidante, só na pele puro para remover sinal, verruga ou calos, combater celulite ou gordura localizada por ser termogénico. Dor de dentes forte porque tem potência analgésica (1 gota).

Misturas de óleos essenciais também disponíveis:

ZenGest: mistura de vários com coentro, funcho, hortelã-pimenta, gengibre, anis e outros. Ajuda na digestão, enfartamento quer para prevenir (antes de comer algo pesado) como ajudar na "crise" (depois da feijoada). Obstipação, diarreia, muitos gases (1 a 2 gotas ao deitar).
Questões respiratórias: sinusite

Air: diariamente aplicado no peito, pontas dos pés, ao longo da coluna vertebral, ou no difusor. Combate os espirros na primavera e no outono, ajuda a respirar e por isso, pode deixar de ressonar e melhorar o sono. Não deve ser ingerido.

Deep Blue: não deve ser ingerido. Alivio dores musculares e articulações, dores menstruais, enxaquecas. Antes e depois da prática desportiva. Quando sentimos que alguma pessoa, ou reunião nos esgotou, no difusor ajuda a recuperar. Dores de crescimento em crianças difundido com óleo de coco fracionado. Embalagem de 5ml em vez de 15ml.

On Guard: sistema imunitário (esgotado no inicio do covid), ajuda nas dores de dentes por causa do cravinho na sua composição (na gengiva diretamente), desconforto de garganta (amigdalites). Diluir. Existe em rebuçados. 

Existe uma particularidade nestes óleos que não há nos outros, no fundo do frasco está a data de validade e número de lote (para ver no site source  to you onde aparecem os testes feitos ao óleo para ser 100% puro).

Truque: não beber água depois porque ajuda a espalhar mais o óleo e intensificar o sabor.

Na DoTerra existem vários kits para começar a usufruir das suas vantagens, no entanto, cada um de nós pode escolher os que queremos.

Outra dica é usar óleo de cedro como substituição do aftershave. Pode usar-se também lavanda e melaleuca com óleo de coco fracionado para regeneração da pele e antibacteriano, ajuda nos cortes. 

O lemongrass pode ser usado como removedor de verniz natural e ecológico. Noutra publicação conto-te o que achei da minha experiência.

A Natureza foi o primeiro remédio da humanidade, lá temos de tudo.

Existem grupos de apoio para apresentar efeitos de cada óleo, tirar dúvidas e dar dicas. 

Uma questão que deixei propositadamente para o final é sobre os testes em animais. A DoTerra não testa os seus produtos em animais, mas nós sabemos que uma marca vendendo na China, a realidade muda. As marcas ao venderem, não testam os produtos diretamente, mas têm de pagar às autoridades chinesas para o fazer. No caso da DoTerra, ela vende na China, no entanto, os óleos essenciais não são considerados como produtos cosméticos mas sim aditivos alimentares. Sendo assim, estão isentos dos testes obrigatórios em animais para entrar no mercado. Mas, a DoTerra tem alguns produtos cosméticos de cuidado de pele e cabelo. Referem que são produzidos na totalidade em solo chinês escapando à obrigatoriedade de testes. Teriam de ser testados se fossem cosméticos fabricados noutro país. 

No entanto, embora a produção de cosméticos na China Continental isente a dõTerra dos requisitos de testes em animais, ela não isenta de serem testados pelas autoridades em animais durante testes não de rotina pós-comercialização. Estes testes de rotina pós-comercialização só são feitos se existir alguma queixa por parte de um cliente e a probabilidade de acontecerem é mínima, especialmente com as novas regulações que a China tem vindo a fazer, por pressão dos mercados internacionais e dos consumidores. Pelo que entendo, nesse caso, os testes independentes em animais, são certificados por uma organização que garante que os animais são bem tratados, etc. Casos esses para testar também a toxicidade do óleo essencial. Os óleos são produtos de saúde e por isso, em algum momento foram testados, tais como os medicamentos.

"Por causa de considerações éticas, é impossível que os dados humanos completos sejam coletados; no entanto, ainda existem maneiras benéficas de prever os níveis de toxicidade e, por sua vez, compreender as dosagens adequadas. A doTERRA está 100 % comprometida em não conduzir qualquer pesquisa clínica ou experimental em animais, mas estudos animais publicados podem fornecer alguns insights devido às semelhanças anatómicas e fisiológicas com humanos. Estudos anteriores em animais, conduzidos por pesquisadores independentes, forneceram pistas úteis sobre a toxicidade humana. Para proteger a segurança dos animais e evitar dor desnecessária ou morte, todos os estudos realizados em animais devem passar por uma triagem preliminar pelo Comité de Uso e Cuidado Animal Institucional (IUCAC). Este comité analisa os detalhes exatos de cada estudo de pesquisa conduzido em animais para garantir que eles recebam tratamento adequado e ético."

Resumidamente a doTerra não testa, mas é possível que as autoridades chinesas testem pós-comercialização. É possível também que já tenham sido testados em investigações clínicas, como no caso dos medicamentos. Além disto, estes óleos da DOTERRA são usados em protocolos com animais, por exemplo o César Milan (o encantador de cães) é fã. Em Portugal temos a Dra Margarida Raposa, veterinária holística.

Sobre produtos vegan, a maioria são. No entanto, alguns não como o GX Assist (gelatina bovina), IQ Mega e xEO Mega têm óloes de peixe. o Slim&Sassy Trim Shakes tem leite e proteínas do ovo. O creme hidratante Hydrating Cream tem proteínas do leite. Os suplementos a2z chewable supplements contém mel e os bálsamos labiais contém cera de abelha.

Fontes: OraleadersCrueltyFreeMaltaDoTerra (e na página de toxicidade), workshop DoTerra

 

Para saberes mais e começares já a usar:
Óleos Essenciais Aroma da Terra 

Upcycling pára-sol para volante de carro

Este foi dos projetos em que me senti mais empolgada. Olhei para uma pára-sol de vidro que se estava a desfazer, tive a ideia e fiz.

Este pára sol é reflexo de um lado e do outro lado tinha uns desenhos. Ele era cosido a toda a volta com um tecido fino que se começou literalmente a desfazer e cair aos bocados. Notei que tinha algo estranho a sujar-me o carro e substitui-o logo de seguida porque tinha outro pará-sol parado. Assim pude reaproveitar este para outros projetos.

1º medir o diâmetro do volante, acrescentei mais 8 cm (se acrescentares 10 fica perfeito) por causa do volume

2º - arranjar algo redondo com esse diâmetro (incluindo os centímetros a mais). Pode ser uma bacia, uma tampa, etc.

3º - marcar com uma boa caneta esse diâmetro no pará-sol

4º - recortar com cuidado e verificar no volante do carro se o tamanho está ok

5º - arranjar um elástico grosso, coser a toda a volta virando metade para cada lado. O objetivo é franzir

6º - medir a distância desde a parte de cima do volante até onde ele fica agarrado. Normalmente é um pouco mais a cima do que meio.

7º - arranjar uma tira de elástico grosso e coser nessa medida

8º - colocar a capa no volante.

Projeto fixe feito, aproveitando algo que estava em fim de vida e tornando em algo novo muito útil. Adorei. Ainda por cima, dá para dobrar e manter arrumadinho. Adeus, mãos queimadas.

Eliminar radiações nocivas da tecnologia

Já te sentiste demasiado agarrado às tecnologias que até te faz mal? Muito mais cansado? Com dor de cabeça ao usar?

Nós sabemos que os telemóveis e outros aparelhos emitem imensas radiações não visíveis e é graças a isso que podemos ter os benefícios do uso da tecno. Mas, nem tudo é bom... Há radiações que não são boas para a nossa saúde, deixam-nos cansados...

Há soluções para nos sentirmos melhor! A Orgonite. Estes dois modelos das fotografias têm um autocolante adesivo para puderem ser aplicados em vários sítios como no telemóvel, na box etc.

A orgonite é um dispositivo que imita um processo muito abundante na natureza, que é a reorganização quântica através da interação de elementos metálicos e orgânicos em camadas alternadas ou em dispersão aleatória. Ou seja a orgonite absorve a matéria energética subtil DOR (Orgônio destrutivo) e converte-a em POR (Orgônio positivo). É por isso que a orgonite não é um “acumulador”, mas um filtro, um conversor, exatamente como a própria terra, com suas partes metálicas, seu abundante silício, sua água e sua cobertura orgânica. Na “planetogênese” natural, antes de haver uma camada fértil na Terra, o petróleo é o elemento orgânico da maior orgonita natural que existe: a crosta terrestre.

A única coisa que sabemos com certeza é que as orgonites ajudam a estabilizar o campo magnético produzido pela pirâmide, fazendo com que funcione corretamente em muitos casos em que as geopatias de “anomalia magnética” (aquelas que afetam bússolas) podem diminuir ou alterar a função da pirâmide. Os outros fatores explicados podem ser subjetivos, apesar do conhecimento abundante que milhares de fabricantes e experimentadores têm.

Serve para evitar os efeitos da radiação produzida pelas antenas de televisão e rádio e quase todo o espectro de radiação da telefonia móvel. Não interfere com o sinal a qualquer momento. Pelo contrário, ao limpar a radiação remanescente, elimina as ondas parasitas e, em certa medida, melhora a qualidade da imagem da televisão, analógica ou digital. Esclareçamos bem: ela não substitui a antena, nem colabora com ela em sua função, mas simplesmente elimina a radiação orgânica prejudicial e, em certa medida, impede a produção de ondas parasitárias locais, produzidas pelo movimento da onda nas paredes e nos objetos. do ambiente.

O disco branco é uma orgonite que foi desenhado para ser colocado nos routers ou modems Wi-fi.
Os elementos para a sua composição foram seleccionados de forma a que as quantidades e proporções permitissem a eficácia desta orgonite.

Uma mistura à base de quartzo refinado, silicas e micas de elevada qualidade. As limalhas de alumínio designado como metal paramagnético faz parte da constituição de uma orgonite original.

O disco preto por seu vez é composto por uma mistura equilibrada de quartzo puro  finamente moído, limalhas de alumínio  (paramagnético), cobre e bronze (ferromagnéticos em menor quantidade), tem a função de recolocar o ambiente energético á sua ordem natural e estável.
Sendo então um objecto mitigador das influências energéticas nocivas do seu telemóvel.Podendo também actuar como escudo de torres, antenas e outras fontes de propagação de frequências baixas e densas (Wi-fi e 5G).
Podes saber ainda mais do que te explico no site da Amuletto (onde tirei estas informações mais há mais) e já sabes que, se queres melhorar a tua saúde, visita a loja online e a página de Facebook.

Cueca menstrual (ou de incontinência) Eye Of Shangrila

Apresento-te em primeira mão as cuecas menstruais da Eye of Shangrila. Adoro os pensos higiénicos dela, sou uma fiel cliente e estou sempre atenta a coisas fofas e de qualidade.


Assim que vi este padrão de unicórnios passei-me! É verdade... Então imagina a minha reação quando vi o produto final: estas cuecas fofinhassss! Escusado será dizer que adorei de tão queridas que ficaram.

Assentam-me bem, gosto tanto de as ver. Mas estas não são umas cuecas normais como te deves ter apercebido. São cuecas menstruais que podes usar quando estás com o período (ou em casos de incontinência) sem ter de usar um tampão ou penso (podes fazê-lo para ter uma segurança extra) ou cuecas para a incontinência urinária. Tens as duas opções: usar a cueca + penso/tampão OU só usar a cueca, em ambas as situações. O teu conforto e segurança é o prioritário.

Apesar de puderes usar das duas formas, vou-me focar em contar-te a minha experiência usando só a cueca porque tendo um penso ou tampão, a cueca serve mais para proteção em caso de acidentes e não consegues saber a absorção e eficácia exata.

Esta cueca foi feita em Portugal por medida e para ser usada durante o dia. De dentro para fora temos uma camada impermeável (semelhante aos fotos de banho, lycra) de tecido preto, camadas de tecido absorvente semelhante aos pensos, nova camada de tecido preto e por fora, a camada de tecido do padrão do unicórnio. Obviamente que não consegues ver as camadas interiores mas consegues ver a camada preta nas fotos. Há uma zona onde sentes que o tecido é mais grosso. Essa é a zona onde tem todas as camadas que referi e é a zona de maior absorção e proteção.

Esta cueca equivale a uma absorção regular. Para muito fluxo menstrual, não recomendo porque não foi feita para isso. O mesmo serve para casos de incontinência. 

Um pequeno "defeito" que a cueca tem é que a fita roxa que a rodeia por vezes dobra para dentro ou fora, especialmente na zona do rabo. 

Apesar disso, adoro-a porque acho que uma das principais coisas que temos de sentir quando estamos com o período é alegria e motivação. Ou na incontinência é um pouco de alegria e sentir menos drama da situação. E eu sinto-me logo bem só de as ter vestidas! Melhora logo a minha saúde mental.

No futuro, irei testar outras cuecas da Shangrila mas em absorção maior e depois, como é óbvio venho contar.

Tapete de relva sintética reutilizável para cães

Sempre que a nossa dona pode, faz passeios e caminhadas connosco, pelo menos duas vezes por dia mas, especialmente no verão, nós bebemos muita água e temos de fazer xixi várias vezes por dia. Como não podemos ir sempre que nos apetece fazer lá fora - isso é que era vida! - a nossa dona deixa-nos um resguardo no chão. 

Fonte

Antigamente usava os resguardos (de cama) descartáveis em vez de comprar os tapetes higiénicos e de treino para animais. Depois, começou a reduzir o lixo e inventou resguardos feitos com as proteções de mesa e com resguardos de cama laváveis. No entanto, um problema resolvia-se mas criava-se outro: o cheiro a xixi era difícil de tirar dos tecidos e gastava-se muita água a lavar à mão. Para lavar na máquina, tinha de ser sem outra roupa e com a máquina quase vazia é um desperdício.

Resguardo reutilizável com xixi!

Resguardo reutilizável com xixi feito com proteção de mesa
Teste
Resguardo de cama utilizado para os animais

Então entretanto encontrou uma opção que lhe pareceu perfeita e muito gira para nós.

Trata-se de uns tabuleiros em plástico com relva sintética que têm mesmo este propósito. Foram feitas para nós. Há quem lhe chame WC para cães.

Sim, são em plástico o que não é dos melhores materiais mas compensa o facto de ser reutilizável imensas vezes e ter uma boa duração.

Existem vários modelos mas consistem basicamente num tabuleiro com relva sintética por cima. Nós fazemos o nosso xixi na relva e ele escorrega para o tabuleiro inferior. Alguns, depois desse tabuleiro, têm uma gaveta que sai e é só despejar o xixi que escorrega lá para dentro. Nos outros casos temos de despejar todo o tabuleiro. Nós temos um de cada. Podes perceber melhor nas fotos.

Modelo 1 (esquerda): mais baixo, mais largo, sem gaveta


A parte número 2 tem furos para que a urina desça para o tabuleiro 3 onde fica acumulada e de onde é despejada.

Existem vários tamanhos consoante o tamanho e peso do cão. A altura dos tabuleiros pode variar. Os com a gaveta normalmente são mais altos.

Não encontrámos à venda mas existe um próprio para cães machos com um pauzinho no meio para levantarmos a perna. As fêmeas têm mais facilidade em utilizar mas nada que nós machos não aprendamos também!

Modelo 2 (da direita): com gaveta, mais alto

1 - relva sintética
3 - gaveta removível

1 - relva sintética
2 - tabuleiro fixo por onde escorregue o xixi para o número 3 (não visível na foto)


Para lavar, basta despejar a gaveta ou o tabuleiro. Uma vez por semana convém fazer uma limpeza mais profunda, lavando tudo. A nossa dona utiliza apenas água e raramente lixívia para remover o cheiro. Mas encontrou um produto que pode ser aliado no cheiro só que ainda não experimentámos por isso, nada a contar sobre quem ou qual é.

Gastamos menos água no que na lavagem dos resguardos antigos, é mais fácil, prático e rápido.

A relva sintética ainda dura uns tempos mas com o uso, é normal degradar-se. Nessa altura os vossos donos humanos têm de ter o cuidado para não deixar nenhum pedaço de plástico ir pelo esgoto e ir a uma loja de produtos de jardinagem comprar um pedaço mono com as mesmas medidas.

Esta é sem dúvida a melhor e mais ecológica opção que nós experimentamos e que a nossa dona gostou! Esperemos que a dica seja útil para vocês e para os vossos humanos!

Saudações Patudas!